quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Móvel funcional, sua avó também tinha um!


Na nossa obrigatória vida moderna fomos empurrados tão rapidamente para sermos mais funcionais, que aos poucos fomos fazendo isto com nossas moradias sem nem perceber, a nossa vozinha lá no passado já fazia uso de móvel funcional, na época talvez por modismo, ou novidade, porem já existiam os chamados na época, móveis 2 em um, como por exemplo o berço com cadeira acoplada, que já existia a muitos anos atrás.

Por conta de termos cada vez menos espaços, e até a criançada entrou na dança, e aprenderam rapidinho que qualquer espacinho vira um play ground, repare neste menino brincando com seu quintal abaixo da cama!

                           












não pensem que somente quem não dispõe de espaço quer ter móveis assim não, afinal hoje em dia é super comum ter móveis que tenham mais de uma função, e quem aderiu a isto e vem ai com muitas novidades, é o pessoal do reaproveitamento.
Reaproveitar água é uma das coisas mais necessárias a todos, e a consciência vem mostrando isto, veja este exemplo:


Cada vez mais, a consciência ecológica vem trazendo ideias simples e funcionais para o reaproveitamento, vejam este exemplo de Michelle Rosário e Fábio Marques Valente.
Se você ficou interessado em construir também seu depósito de água de reaproveitamento, click no link e veja todos os detalhes, gentilmente seditos no Facebook de nossa amiga Michelle.





Em matéria de criatividade a internet esta repleta de novidades, cada uma mais linda e funcional que a outra, vou deixar mais algumas que achei muito úteis e funcionais.




Bem pessoas queridas espero que tenham gostado das sugestões beijos.

O “GRITO” DO SILÊNCIO!


Olá amigos!  O artigo que publico hoje não relata uma operação policial da qual tenha participado. É na verdade um alerta que faço a todos com base em minha observação ao longo de meus 23 anos na Polícia Civil do Rio de Janeiro, em busca de uma resposta para o número crescente de crimes.

O título é: 
O GRITO do silêncio!

Por favor, leiam...comentem e compartilhem. Ao comentarem me estimulam a continuar a escrever. Ao compartilharem, me ajudam a levar essa mensagem a um número maior de pessoas. 
Um abraço a todos do amigo,
Pedro Chagas. 
(Um TIRA metido a Escritor)

Abaixo o artigo:

O “GRITO” do silêncio!

Não há duvidas que se aprenda observando. Existem coisas que você observa por um curto tempo e logo consegue captar. Outras que você leva mais tempo. Para observar que o silêncio “GRITA”, levei um bom tempo. Na verdade 23 anos de trabalho na polícia. 

Foram diversas ocorrências, diversas operações policiais e intervenções em conflitos. Sempre observando, em busca de uma resposta. Eu buscava a resposta para a causa dos problemas. Principalmente os que nos levam a ferir a lei, privando-nos da liberdade ou até mesmo interrompendo vidas e sonhos.
E problemas que simplesmente nos impede de prosseguir e realizar o que almejamos. Após minuciosa observação em muitos depoimentos tomados no tramite de uma investigação, cheguei à conclusão de que quase 100 % deles é herança de um silêncio. 



Quando falo silêncio, me refiro à omissão diante de certas atitudes, em nossa formação. Refiro-me ao ignorar e o aceitar passivo diante de certas atitudes que sabemos não ser certa. Seja a atitude ante democrática do governo, a má conduta do policial ou o aceitar dos pais diante da simples preguiça do filho ao não querer ir à aula; ao ignorar ou aceitar que chegue a casa com um objeto ou uma quantia em dinheiro, que não lhe deu e sabe não ter condições de ter. Ao ignorar que o filho chegou alcoolizado ou com atitudes que o leva a suspeitar que usasse drogas. Ao ignorar as amizades dos filhos, não procurando saber com quem se relacionam. Pois todos sabem que as más companhias são o PASSAPORTE para o crime. É necessário reagir!

Não podemos permanecer em silêncio. É preciso protestar pacificamente contra as atitudes ante democráticas do governo. Denunciar a má conduta do policial e dialogarmos com nossos filhos orientando-os e castigando-os se necessário for.
Hoje, uma série de linhas de pensamento recrimina a correção das atitudes dos filhos com castigos e até mesmo palmadas. 
Mas a própria BÍBLIA em (PROVÉRBIOS – CAP 23 – VERSÍCULO 13 e 14
Diz:

“Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares(castigar), com a vara não morrerá.
Tu fustigarás (castigarás), com a vara e  livrarás tua alma do inferno".

Isto é, a manterá no caminho do bem. 
Se Deus nos orienta em como agir, quem somos nós para não agirmos, nos mantendo em silêncio? 
Se não corrige seu filho hoje, a vida o punirá amanha. Lembre-se:

“A galinha sabe como pisar em seus pintos, a polícia não!”.

Sou Policial Civil e posso lhes afirmar isso com toda a certeza. 
Acho que já consegui passar a mensagem! Por isso, não vou mais prolongar. Só quero terminar, lembrando que sua omissão é o silêncio a que me refiro. E a consequência ruim dessa omissão, é o “GRITO” desse silêncio. 

E quando o silêncio “GRITA” você chora! Portanto amigos comecem a agir. Já dizia meus avós:

 “A vara quando verde enverga. Depois de seca quebra, mas não enverga”. 

Pensem nisso! 
Um grande abraço do amigo Pedro Chagas
(Um TIRA metido a Escritor)

Leiam também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS